Corpo de jogador morto após ser atingido por raio em jogo de futebol é enterrado em Japira


Caio Henrique de Lima Gonçalves foi sepultado na tarde de segunda-feira (11). Outros seis atletas estão hospitalizados. Corpo de jogador morto após ser atingido por raio em jogo de futebol é enterrado
O corpo do jogador Caio Henrique de Lima Gonçalves, de 21 anos, foi sepultado na segunda-feira (11), no Cemitério Municipal de Japira, nos Campos Gerais do Paraná.
O jovem foi atingido por um raio durante uma partida de futebol em Santo Antônio da Platina, e morreu a caminho do hospital.
✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp
✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram
O incidente aconteceu no domingo (10), no Estádio Municipal José Eleutério da Silva. Outros seis jogadores ficaram feridos.
A partida era disputada entre o União Japirense, time de Japira e pelo qual Caio jogava, e o Unidos, de Santo Antônio da Platina, pela Copa Regional de Futebol Amador.
Familiares, amigos e torcedores do União Japirense acompanharam a cerimônia religiosa da capela até o cemitério em uma carreata pelas ruas da cidade. Assista acima.
Corpo de jogador morto após ser atingido por raio em jogo de futebol
Reprodução
Leia também:
Cogumelo: Pesquisa paranaense pode ser 1ª a fazer uso clínico de substância psicodélica no combate à depressão
Tragédia: Jogador de futebol morre após ser atingido por raio no Paraná; seis ficaram feridos
Educação: Começam consultas para tornar mais 28 colégios estaduais em cívico-militares
Amigos tentaram ajudar à vítima
Leonardo Augusto Castanheira Alves, companheiro de equipe de Caio, explicou como os outros atletas tentaram socorrer o jovem.
“Na hora ali foi muito corrido. A gente estava desesperado, pegamos carros pra levá-los ao hospital. Infelizmente ele (Caio) não conseguiu reagir. Ele era um amigo, um companheiro. Um acontecimento muito trágico”, disse.
Sete atletas foram hospitalizados. Três estão sendo monitorados, mas não correm risco de vida. Os outros estão na enfermaria, segundo assessoria do hospital municipal.
Caio Henrique morreu após ser atingido por um raio
Redes sociais/Reprodução
Sem ambulância
De acordo com o diretor de Esportes da Prefeitura de Santo Antônio da Platina, não havia uma ambulância de plantão no estádio quando tudo aconteceu.
“Nós temos um acordo que o pessoal do hospital municipal fica de prontidão caso algo aconteça nesses eventos”, afirmou em entrevista à RPC.
Depois que o raio caiu no campo, os jogadores feridos foram levados de carro para o hospital da cidade.
Em nota, a Prefeitura de Japira lamentou a morte do atleta e decretou luto oficial.
Amante de futebol
Segundo a nota da administração municipal de Japira, Caio começou a carreira nas escolinhas de futsal do município, “onde logo revelou o seu talento singular e se destacou de forma ímpar, representando o esporte japirense nos campeonatos regionais e estaduais”.
Pelas redes sociais, o atleta demonstrava a paixão pelo esporte.
Mais assistidos do g1 PR
Leia mais em g1 Norte e Noroeste.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.