Suspeito de gerenciar tráfico de drogas morre após confronto com policiais militares em Salvador


Troca de tiros aconteceu na noite de segunda-feira (11), no bairro de Itapuã. Suspeito de gerenciar tráfico de drogas morre após confronto com policiais militares em Salvador
Divulgação/Polícia Militar
Um homem suspeito de gerenciar o tráfico de drogas nas localidades do Calafete e Diva Pimentel morreu após um confronto com policiais militares na noite de segunda-feira (11), no bairro de Itapuã, em Salvador.
📱 NOTÍCIAS: faça parte do canal do g1BA no WhatsApp
Segundo informações da Polícia Militar, o homem, identificado como Valter Neidson, conhecido como Thay, estava em um carro e não obedeceu a ordem de parada feita por policiais da Operação Intensificação Tática, por volta das 22h30.
Após o confronto, ele foi encontrado sem vida, com uma pistola com numeração suprimida e munições, além de drogas e um celular. O material foi apreendido e entregue para a perícia.
Informações iniciais apontam que o suspeito levantava a bandeira da facção Terceiro Comando Puro (TCP), do Rio de Janeiro, em Salvador.
Polícia Militar apreende arma com suspeito de praticar sequestro em Salvador
Reprodução/PM-BA
A capital baiana registrou algumas mortes de suspeitos em confrontos com policiais militares na última semana. Na quinta-feira (7), um homem suspeito de participar de um sequestro morreu durante uma troca de tiros no bairro de Cajazeiras.
Já na segunda-feira (5), um homem morreu após um confronto com policiais no bairro do Stiep. Dois dias antes, três homens morreram em troca de tiros com militares, em Lobato, no subúrbio da capital baiana.
No dia 4 de novembro, um confronto em Santa Maria da Vitória, no oeste da Bahia, terminou com as mortes de quatro suspeitos de envolvimento nos assassinatos de dois policiais militares. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), um quinto suspeito foi preso.
Casos de mortes por confronto com PMs
Pablio Henrique Barbosa Almeida, de 25 anos, foi morto durante a operação
Divulgação/SSP-BA
Na última semana de novembro, em apenas um dia, sete homens morreram após confrontos com policiais militares em Salvador e no recôncavo baiano.
Na manhã do dia 29, dois homens morreram durante uma operação realizada por policiais federais, militares e civis contra membros da facção criminosa “Bonde do Maluco”, conhecida como “BDM”, que participaram diretamente do homicídio do agente federal, Lucas Caribé Monteiro de Almeida, de 42 anos. O grupo também é suspeito de praticar diversos crimes na Bahia.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), um dos homens foi identificado como Pablio Henrique Barbosa Almeida, de 25 anos, conhecido como “Emílio Gaviria”, apelido dado em referência ao traficante colombiano Pablo Escobar.
O outro homem foi morto durante um confronto no bairro de Paripe, no subúrbio de Salvador. A identidade dele não divulgada.
No mesmo dia, cinco homens morreram após um confronto com policiais militares na cidade de Cruz das Almas.
Material apreendido com suspeitos mortos em Cruz das Almas
Divulgação/SSP-BA
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻
Adicionar aos favoritos o Link permanente.