Funcionária será indenizada por sofrer assédio sexual do gerente da empresa que trabalhava em MG

Homem começou a enviar mensagem no celular corporativo da mulher e, depois, também passou a fazer contato também pelo número pessoal dela. Ele chegou a convidá-la para sair e também para tomar um chopp. Uma secretária de 28 anos será indenizada por ter sofrido assédio sexual de um gerente de compras de uma empresa do ramo de silício metálico, cliente da empresa terceirizada que ela trabalhava. O caso aconteceu em Santos Dumont, na Zona da Mata mineira.
Conforme informações do processo, as mensagens começaram a chegar para a funcionária em meados de 2021, inicialmente com cunho profissional. O homem, no entanto, teria descoberto o número pessoal dela e passado a enviar mensagem também de forma particular, convidando-a para sair. A funcionária tirou prints da conversa e acionou seu superior na empresa.
De acordo com a ação trabalhista, o relatório de investigação da empresa para qual o gerente trabalhava apontou que, embora a situação não tenha enquadrado a conduta como assédio sexual, foi comprovado abuso de poder do assediante.
📲 Receba no WhatsApp notícias da Zona da Mata e região
No entanto, conforme a relatora Cristiana Maria Valadares Fenelon, da 2ª Vara do Trabalho de Barbacena, “o agressor, valendo-se de sua superioridade decorrente do cargo que ocupa na empresa de tomadora dos serviços, sentiu-se livre para acercar a reclamante com diálogos inconvenientes, como ter sonhado com ela, e faz o expresso convite para “tomar um chope”, e disso se extrai sua intenção sexual sub-reptícia”.
Ainda conforme consta na ação, como a postura do assediador não foi efetivamente repelida pela empresa, não reconhecendo o assédio sexual praticado pelo gerente, foi fixada a indenização no valor de R$ 7 mil à mulher.
O g1 entrou em contato com a Dow, que assim respondeu: “Em respeito aos envolvidos, as manifestações a respeito do tema foram realizadas dentro dos autos. A Dow reafirma seus valores de integridade e respeito às pessoas como pilares de negócios.”
LEIA TAMBÉM:
DADOS DO MPT: Denúncias por assédio moral e sexual disparam no Brasil em 2023
CENTRO: Idoso é detido por importunação sexual de Juiz de Fora
UFSF: Lista tríplice para reitoria da UFSJ é homologada e será enviada ao MEC
📲 Siga o g1 Zona da Mata: Instagram, Facebook e Twitter
📲 Receba no WhatsApp as notícias do g1 Zona da Mata
VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes
Adicionar aos favoritos o Link permanente.