Conheça o xarope extraído do tronco das árvores no Canadá que serve de tempero para vários pratos, inclusive o feijão


O Globo Repórter desta sexta-feira (8) foi até ao Canadá e mostrou que o cardápio canadense também oferece sabores mais saudáveis. Maple Syrup: conheça o xarope extraído do tronco das árvores no Canadá e usado em pratos
O Globo Repórter desta sexta-feira (8) foi até ao Canadá e mostrou que o cardápio canadense também oferece sabores mais saudáveis. No meio da natureza, destaca-se um alimento cor de ouro e provocador de suspiros: uma bala bem doce, que lembra rapadura, mas é molinha. Essa delícia é feita com Maple Syrup – um tipo de xarope extraído da árvore de Maple – a que tem folha que é marca do país.
Os relatos indicam que os indígenas, chamados de Primeira Nação, foram os que descobriram a seiva na árvore em 1557.
“O Maple Syrup é ao mesmo tempo um alimento delicioso e com muitos benefícios para a saúde. É um presente magnífico da natureza”, diz o empresário Pierre Faucher.
Pierre e o filho mantêm numa fazenda de Maple o jeito tradicional de produzir o xarope.
“A gente faz um novo buraco a cada ano, coloca um balde e com a temperatura certa a água do Maple pinga gota a gota”, explica Stéfan Faucher.
O Maple Syrup é extraído das árvores bordo por meio de um buraco feito em seu tronco e a instalação de uma mangeira.
Reprodução/Globo Repórter
A extração só acontece no inverno. Segundo os fazendeiros, depois que nasce uma árvore de Maple, ela precisa de 40 anos. Quando ela chega aos 40 anos que ela começa a produzir o xarope.
A seiva, que eles chamam de ‘Água de Maple’, passa por um processo de fervura e filtragem.
“Em 12 horas por dia a gente consegue 100 litros”, conta Stéfan.
‘Monte que treme’, santuário de animais, Maple e Poutine: conheça as maravilhas do Canadá
Diversidade de produtos feitos com o Maple
Vários produtos são feitos com o Maple, como por exemplo as famosas panquecas cobertas com o doce xarope. “A gente ama fazer panquecas e colocar o Maple Syrup por cima. Ainda é a maneira mais popular em todo o Canadá”, diz Stéfan Faucher.
Mas o xarope doce também combina com o almoço – almôndegas, bacon e até o feijão, que no Brasil costuma ser temperado com alho e cebola, é servido doce com um toque de Maple Syrup.
“A gente gosta do sabor agridoce”, destaca Stéfan.
No Canadá, diversos pratos são cobertos com o Maple Syrup, até almôndegas, bacon e até o feijão.
Reprodução/Globo Repórter
Xarope extraído do tronco das árvores no Canadá serve de tempero até para o feijão
Reprodução/TV Globo
LEIA TAMBÉM:
Por que tanta gente ama morar no Canadá?
Entenda como estufa de maconha deixou céu do Canadá rosa durante a madrugada
Google chega a acordo com Canadá e pagará R$ 360 milhões por ano a empresas jornalísticas do país
Veja a íntegra do programa abaixo:
Edição de 08/12/2023
Confira as últimas reportagens do Globo Repórter:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.