Kleber Rosa projeta sistema de segurança pública municipal em Salvador, com suporte de guardas civis e conselheiros populares


Entrevista é a terceira de uma série com todos os pré-candidatos à prefeitura da capital baiana no programa Resenha das 7, comandado pelo jornalista Vanderson Nascimento, na rádio Bahia FM. Candidato à prefeitura de Salvador, Kleber Rosa participou do programa Resenha das 7, com Vanderson Nascimento
Caíque Souza
O pré-candidato à prefeitura de Salvador pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Kleber Rosa, foi entrevistado na manhã desta quarta-feira (10) no programa Resenha das 7, da rádio Bahia FM. Ele apresentou o plano de criação do sistema de segurança pública municipal. [Assista a íntegra abaixo]
NOTÍCIAS: conheça página especial Eleições na Bahia
Investigador da Polícia Civil da Bahia e fundador do Movimento dos Policiais Antifascismo, Kleber disse que existe uma tendência entre gestores municipais, de passarem ao estado a total responsabilidade sobre a segurança pública, o que, para ele, é um equívoco.
No âmbito da prefeitura, o pré-candidato afirma que é possível incluir a Guarda Civil Municipal em um sistema composto também por Conselhos Regionais Populares de Segurança Pública, formado por representantes de instituições religiosas, associações de moradores e comerciantes, por exemplo, a fim de pensarem juntos soluções para cada localidade.
“Os índices de violência são distribuídos de forma diferente por região. Isso significa que existem também soluções específicas para cada região. E ninguém melhor do que a população que está ali, inserida naquele contexto, para apontar medidas”, argumentou.
Para Kleber, a questão da violência não deve ser pensada somente com políticas de enfrentamento policial, mas também com questões sociais e estruturais. Ele citou como exemplo a iluminação de ruas, cuja responsabilidade é de prefeituras, como instrumento para garantir a segurança da população.
PERFIL: saiba quem são os pré-candidatos à prefeitura em Salvador
ANÁLISE: entenda o atual cenário político na disputa eleitoral em Salvador
Educação de crianças e adultos
Kleber Rosa participou de entrevista no programa Resenha da 7
Caíque Souza
Professor da rede estadual de ensino, Kleber é especialista em “Educação Inclusiva e Diversidade” e “Educação de Jovens e Adultos”. Na visão dele, o município também é responsável pelo combate ao analfabetismo. De acordo com o Censo de 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Salvador ocupava a 13ª posição entre as 27 capitais, no número de não alfabetizados.
Caso seja eleito, ele pretende focar não apenas a educação infantil, mas também a de adultos que não tiveram oportunidade de frequentar salas de aula no período adequado. Entre as prioridades, está a ampliação de unidades escolares, sobretudo para os pequenos alunos.
Kleber acrescentou a necessidade de se fazer recorte de gênero nas políticas públicas. Ele mencionou o investimento em creches como forma de melhorar não somente os índices de educação, mas também garantir que que mulheres, que são as mais afetadas entre os desempregados, tenham possibilidade de trabalhar e estudar com tranquilidade.
“Existem dados hoje que dizem que Salvador é a líder em desnutrição infantil no Brasil. Quando a gente pensa que crianças não estão tendo acesso ao alimento, é porque esse alimento já faltou para o adulto há muito tempo. Quando o alimento não chega na criança, é porque nosso sacrifício de ficar sem comer já passou de todos os limites. E isso é fruto do desemprego”.
Confira entrevista na íntegra 👇🏿
Eleições 2024: confira íntegra da entrevista com o pré-candidato Kleber Rosa
Confira trechos da entrevista 👇🏿
Eleições 2024: Kleber Rosa fala sobre projetos para a segurança pública de Salvador
Eleições 2024: Kleber Rosa explica porquê deve ser prefeito de Salvador
🎙️ Próximas entrevistas
A participação dos pré-candidatos no programa Resenha das 7 será realizada até 15 de julho. Após sorteio com integrantes das campanhas políticas, foi definida a seguinte ordem para as entrevistas:
Dia 8 de julho (segunda-feira): Bruno Reis (União Brasil)
Dia 9 de julho (terça-feira): Victor Marinho (PSTU)
Dia 10 de julho (quarta-feira): Kleber Rosa (PSOL)
Dia 11 de julho (quinta-feira): Eslane Paixão (UP)
Dia 12 de julho (sexta-feira): Geraldo Júnior (MDB)
Dia 15 de julho (segunda-feira): Giovani Damico (PCB)
Além do g1 BA, os internautas podem assistir nos canais do Youtube da Bahia FM e iBahia.
As entrevistas no Resenha das 7 dão início à cobertura da Central de Eleições da Rede Bahia, que reúne TV Bahia e suas afiliadas no interior, g1 Bahia, iBahia e Bahia FM. Até a data da votação, os veículos vão promover juntos uma série de sabatinas e debates na maior cobertura eleitoral do estado.
📅 Calendário
Os seis pré-candidatos precisam oficializar suas candidaturas em convenções partidárias que, de acordo com o calendário eleitoral, devem ser realizadas entre 20 de julho e 5 de agosto. Após as convenções, eles têm até 15 de agosto para registrar os nomes na Justiça Eleitoral.
CONHEÇA: Feira de Santana tem quatro pré-candidaturas lançadas à prefeitura
O primeiro turno do pleito está marcado para 6 de outubro. Em caso de segundo turno, a votação será dia 27 de outubro. Na Bahia, quatro cidades poderão ter segundo turno: Camaçari, Feira de Santana e Vitória da Conquista, além de Salvador.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
💻 Vídeos das Eleições 2024 na Bahia
Adicionar aos favoritos o Link permanente.