Justiça condena a 48 anos de prisão Guarda municipal de Belém que matou casal de vizinhos por causa de som alto


Pena será cumprida em regime fechado e foi negado o direito do réu de recorrer em liberdade. O crime ocorreu em 2022, em Belém. Casal morto a tiros por causa de som alto, em Belém.
Reprodução/TV Liberal
A 1ª Vara do Tribunal do Júri de Belém condenou nesta segunda-feira (11) o guarda municipal Paulo Sérgio Moraes Queiroz a 48 anos de prisão. O réu matou a tiros em 2022 um casal de vizinhos por causa do som alto.
A pena correspondeu a 23 anos pela morte do homem e 25 pela da mulher. A Justiça do Pará determinou que a pena de 48 anos seja cumprida em regime fechado, sendo negado o direito de recorrer em liberdade.
Sérgio Queiroz respondeu pelas acusações de duplo homicídio com agravante de motivo fútil e ainda sem a chance de oferecer defesa às vítimas.
Leia também:
Guarda Municipal vai apurar conduta de agente suspeito de matar casal por som alto na Pedreira, em Belém
‘É mais um pai morto, é mais uma família destruída e não acontece nada’, diz familiar de casal morto por guarda municipal em Belém
O crime
O crime ocorreu em outubro de 2022, no bairro da Pedreira, quando o acusado teria pedido para as vítimas diminuírem o volume da música, o que foi atendido pelo casal. Porém, logo em seguida, eles aumentaram o som.
O agente público repetiu o pedido para baixar o volume, mas o casal se recusou. O guarda, então, pegou uma arma e deu vários tiros no casal.
As vítimas eram Marcos Vinícius Barbosa Brandão, de 38 anos, e a mulher, Débora Assunção, de 34 anos. Na época, o irmão de uma das vítimas chegou a dizer que o acusado foi embora dizendo que não ia dar em nada.
A Guarda Municipal de Belém (GMB) suspendeu o acusado das funções dele e informou que abriu Processo Administrativo Disciplinar (PAD) pela Corregedoria da GMB para apurar os fatos e a conduta do agente.
Segundo a polícia, já havia um processo em andamento na Justiça de desavenças entre o suspeito e as vítimas por conta de reclamações do agente municipal também por causa de som alto.
VÍDEOS: veja todas as notícias do Pará
Confira outras notícias do estado no g1 PA
Adicionar aos favoritos o Link permanente.