Funcionários 24h: gansos ajudam a cuidar de prisão de segurança máxima em SC

funcionarios-24h:-gansos-ajudam-a-cuidar-de-prisao-de-seguranca-maxima-em-sc

Um bando de gansos são “funcionários” da Penitenciária de São Pedro de Alcântara, de segurança máxima. A SAP (Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa) explicou como os animais ajudam a instituição.

Bando de gansos anda em Penitenciária de São Pedro de Alcântara

Animais ajudam na segurança da penitenciária – Foto: Jaqueline Noceti/Ascom SAP/Divulgação/ND

Segundo a Secretaria, os animais ajudam a garantir a segurança da penitenciária.

Isso porque os gansos fazem barulho se percebem movimentação e por isso ajudam a monitorar os detentos e podem avisar os agentes penais caso ocorra, por exemplo, uma tentativa de fuga.

“Esses animais desfrutam de um amplo espaço de circulação em torno de toda a unidade, açude e recebem alimentação apropriada no local”, afirmou a secretaria.

A SAP negou que os animais tenham apelo terapêutico.

Gansos fazem parte de esquema de vigilância 24h

Mesmo com os ajudantes, a SAP ressaltou que os animais são apenas um complemento da segurança.

“Vale ressaltar que a penitenciária conta com um avançado sistema de vigilância eletrônica operando 24 horas por dia”.

Animais fazem barulho em caso de movimentação – Foto: Jaqueline Noceti/Ascom SAP/Divulgação/ND

Adicionar aos favoritos o Link permanente.