Festival Psica abre edição 2023 com shows gratuitos de novos artistas e programação com oficinas e painéis

A partir de terça, 12, até quinta-feira, 14, o público pode conferir o Aposta Psica, que traz 24 pocket-shows ao espaço Na Figueredo; e o Motins, que promove mais de 15 atividades entre painéis, palestras e oficinas. O Festival Psica 2023 inicia nesta terça-feira (12), em Belém, com duas programações gratuitas: o Aposta Psica, que traz 24 pocket-shows ao espaço Na Figueredo; e o Motins, parte formativa do evento, que promove mais de 15 atividades entre painéis, palestras e oficinas, no Sebrae Pará.
O Aposta Psica, que segue até quinta-feira (14), lança holofotes sobre a nova música feita na periferia da Amazônia e mostra a diversidade criativa do Norte para convidados do mercado da música. O Aposta contou com cerca de 150 inscritos. Desses, 24 foram selecionados para tocar no projeto: Vitor Zero, Azuliteral, Carimbó Selvagem, Thainá Corrêa, Rei Williams, Samaúma, Stella do Carmo, Os Falsos do Carimbó, Aves Lunares, Thais Badu, Tamuatás do Tucunduba, Ruth Clark MC, Luigy, Thays Sodré, Brea Soul, Dil Ferreira e Banda Florisse, Jheni Cohen, Toró Açú, Alquimia Tapajó, Tamboira Amazônia, Mestra Cristina Sereia do Mar, Nação Ogan, Trio da Mata e Sua Fauna.
“A gente tem uma gama absurda de artistas multitalentosos aqui no Pará, na Amazônia. Então surgiu essa ideia: tem muitos artistas novos começando e o Psica é um palco importante de visibilidade. Queremos que o festival seja um espaço para cultivar esses talentos. A gente vai colocar 20 convidados do Brasil inteiro e curadores de festivais internacionais para estar ali olhando esses artistas. Então é importante os artistas estarem ali dando o máximo para que esses profissionais do mercado da música possam ver”, diz Gerson Junior, diretor do Psica.
Motins
A programação formativa do festival também segue até quinta-feira (14). São mais de 15 atividades gratuitas, entre painéis, palestras e oficinas centrados em temas sobre a cena da economia criativa da música no Norte do país e suas potencialidades, além de debates sobre temas urgentes, como diversidade e meio ambiente. O Motins será realizado na sede do Sebrae, em Belém. Não precisa de inscrição prévia.
“É uma programação pra gente falar de assuntos que são pertinentes à sociedade. É bem abrangente, mas também dá protagonismo para o debate sobre o mercado da música. E tudo gratuito porque precisamos universalizar o acesso, fortalecer e contribuir com a qualificação da cena de produção de eventos local”, diz Gerson Dias, diretor do Psica.
Na terça-feira (12), a programação abre com o painel “Uma Ode às Matriarcas Amazônidas: Por dentro do conceito do Festival Psica 2023”. Em seguida, haverá a oficina de “Formação de Preço”, com Sebrae Pará; o painel “Leis de Incentivo, Captação e Impacto Social”. Às 14h, começa o painel “Diversidade e inclusão na arte: Encontro de artistas com deficiência da Amazônia”; a palestra “O Protagonismo da Produção Musical Paraense”; e a oficina “Novas Tecnologias e Metaverso: Escaneando as Aparelhagens”.
Na quarta-feira (13), o dia começa com os painéis “Gestão Cultural Para Periferia”; “Protocolo de Atendimento Psica: Criação e Desenvolvimento”; Cultura de Aparelhagem, Mais de 70 Anos de Resistência”; “Despertando Educação Libertadora: Criatividade e Pensamento Crítico na Comunidade Local”. De tarde, haverá a continuidade da oficina “Novas Tecnologias e Metaverso: Escaneando as Aparelhagens”. Depois, a palestra “Themônias: movimento cultural e politização do discurso no inferno amazônico”.
O último dia do Motins traz os painéis “Influência preta, indígena, amazônica”; “O Caminho da Captação Para Projetos da Amazônia”; “Periferia e as táticas de Combate ao Racismo Ambiental”; e “Justiça Climática na Amazônia”. De tarde, serão realizados a palestra “Reggae Maranhense Afro Atlântico” e o terceiro dia da oficina “Novas Tecnologias e Metaverso: Escaneando as Aparelhagens”.
O festival
O Psica 2023 reúne grandes nomes da música brasileira e representantes da cultura preta no destaque da programação, que traz Jorge Ben Jor, Alcione, que fará show inédito com participação de Mc Tha, e o canto-oração de Mateus Aleluia. A identidade regional, explorando a periferia preta da Amazônia, também é marca do evento, trazendo diversos mestres da cultura paraense e grandes aparelhagens de tecnobrega. Os ingressos já estão disponíveis em http://festivalpsica.byinti.com. A programação será realizada de 15 a 17 de dezembro, com o primeiro dia gratuito na Cidade Velha e dois dias com ingressos no Mangueirão.
Serviço
Aposta Psica 2023 apresenta 24 pocket shows no espaço Na Figueredo, localizado na Av. Gentil Bitencourt, 449. Programação será nos dias 12, 13 e 14 de dezembro, a partir de 18h. Entrada franca.
Programação Motins, do Festival Psica 2023, dias 12, 13 e 14 de dezembro, no Sebrae-Pará, localizado na Rua Municipalidade, 1461 – Umarizal. Entrada franca.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.