Servidor público que matou mulher enquanto dirigia carro oficial é exonerado pelo governo de MS


Guilherme Pimentel, de 30 anos, foi preso em flagrante, mas pagou fiança de R$ 66 mil e responderá processo em liberdade. Perícia técnica foi até ao local do acidente.
Magno Lemes/ TV Morena
Guilherme de Souza Pimentel, de 30 anos, que atropelou e matou Belquis Maidana, de 51 anos, em um acidente de trânsito na região central de Campo Grande, foi exonerado de sua função pelo Governo de Mato Grosso do Sul, conforme publicação no Diário Oficial do Estado, na manhã desta segunda-feira (11).
O servidor era nomeado na Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov) e a decisão foi assinada pelo secretário Pedro Arlei Caravina.
Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.