Praias badaladas do Norte de Florianópolis sofrem com falta de banheiros e duchas com defeitos

praias-badaladas-do-norte-de-florianopolis-sofrem-com-falta-de-banheiros-e-duchas-com-defeitos

Não é segredo que as belas praias de Florianópolis atraem turistas de todos os cantos do Brasil e do mundo. A poucos dias da virada do ano, muitos já aproveitam o tempo de descanso para desfrutar do sol e do calor. A expectativa é de que até março de 2024, ao menos 2,5 milhões de turistas escolham a Capital como destino nesta temporada. No entanto, com a chegada de tantas pessoas, a falta de infraestrutura como duchas e banheiros em algumas praias continua sendo um ponto que requer mais atenção.

Moradores e turistas aproveitaram o sol e os dias de folga antes do Réveillon a praia Canasvieiras

Moradores e turistas aproveitaram o sol e os dias de folga antes do Réveillon a praia Canasvieiras – Foto: LEO MUNHOZ/ND

Em Canasvieiras, no Norte da Ilha, turistas reclamam da falta de duchas e que, as que estão instaladas, não funcionam. A analista Mônica de Freitas, 51, e a família vieram de Caxias do Sul (RS) passar o feriado de Natal e devem ir embora ainda nesta semana. Segundo avaliação da família, em relação às praias, somente elogios, porém não se pode dizer o mesmo das duchas.

“Eu vi que tem algumas duchas, mas poucas funcionam. É muito ruim, porque voltamos cheios de areia, com a água do mar, e não tem como tirar”, relata. Outro ponto observado por ela são as duchas que precisam de um aplicativo para liberar o banho. “Além de não ser nada prático, a que eu tentei usar não funcionou”, diz ela.

Sidnei teve dificuldade de encontrar uma ducha que funcionasse em praia de Florianópolis – Foto: LEO MUNHOZ/ND

A mesma opinião é compartilhada pelo empresário Sidnei Sarat, 29. Ele estava procurando uma ducha para limpar as coisas dele e do filho Gabriel, 12, mas só encontrou um equipamento funcionando há alguns metros do ponto de onde estava. “Nós estávamos andando desde perto do trapiche procurando um que funcionasse. O primeiro estava estragado e o segundo, que precisava de QR Code, não funcionou”, conta.

Já para Alisson Ribeiro, 40, de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba (PR), melhorando o sistema de duchas, há quase nada a reclamar das praias da Ilha. “É uma pena que não funcionou, porque vamos entrar no carro cheios de areia, mas as estruturas das praias, de maneira geral, são muito boas”, diz.

Alisson lamentou não ter duchas funcionando na praia de Canasvieiras – Foto: LEO MUNHOZ/ND

A reportagem observou que, em poucos minutos, muitas pessoas iam em direção às duchas que não funcionavam, e saíam sem sucesso de tirarem o sal e a areia do corpo. A reclamação de todos foi unânime.

Segundo a prefeitura, as duchas instaladas atualmente são do edital anterior. Com um novo edital em finalização para instalação ainda neste verão, 50 novas duchas estão previstas. Até o fechamento da reportagem, a prefeitura não informou sobre soluções para as duchas já instaladas. O texto será atualizado em caso de posicionamento.

Faltam banheiros nas praias

Gabriel Telito, 26, já acostumado a praia de Canasvieiras, vem de Cachoeirinha (RS) todos os anos para passar o Réveillon. Ele, que já usou o equipamento algumas vezes, relata que veio para agregar ainda mais ao bem-estar das pessoas na praia. “Acredito que por ser uma praia central aqui no Norte da Ilha, a estrutura é melhor. Quando visitei outras praias, como Daniela e Jurerê, senti falta de banheiros.”

“Acredito que por ser uma praia central aqui no Norte da Ilha, a estrutura é melhor. Visitei outras praias, como Daniela e Jurerê, senti falta de banheiros.”Gabriel Telito, turista de Cachoeirinha (RS) – Foto: LEO MUNHOZ/ND

Segundo a administração municipal, 220 banheiros foram instalados nas praias para esta temporada. Em Canasvieiras, as novas estruturas já estavam liberadas para a população.

Na praia da Daniela, o engenheiro David Gonçalves, 27, de São José, confessa que ainda não utilizou os banheiros disponibilizados na região.

“Eu costumo vir para cá somente no verão e ainda não tinha reparado. Inclusive, achei essa praia com uma ducha funcionando, coisa que na Barra da Lagoa, há um tempo atrás, não tinha.” Na região em que ele estava, havia quatro banheiros químicos e uma ducha funcionando para toda a praia.

“Fiscaliza Verão”: Grupo ND lança projeto multiplataforma

Esta matéria faz parte do projeto “Fiscaliza Verão”, sobre a estação que iniciou na última quarta-feira (22) e promete atrair milhares de turistas e visitantes para as praias do Litoral Catarinense. Durante a temporada, o Grupo ND acompanhará de perto a qualidade e preço dos serviços oferecidos, além da segurança e qualidade das praias.

O tema será destaque em todas as plataformas durante a temporada de verão – Foto: Grupo ND/Divulgação

Como funcionará?

Por meio de reportagens na televisão, no portal ND Mais, jornal impresso e rádios, o jornalismo do Grupo ND apontará abusos e cobrar do poder público maior fiscalização, educar sobre os direitos do consumidor e sensibilizar os agentes do segmento sobre a importância dos preços justos.

O conteúdo jornalístico mostrará as centenas de opções para os veranistas oferecidos pelas praias do Estado, e também os problemas em relação ao preço abusivo de alimentos, aluguéis, estacionamentos irregulares, além do ranking de balneabilidade e segurança em nossa orla.

Saiba como denunciar

Serão disponibilizados meios de participação e escuta da população mediante a disponibilização de um canal de um Whatsapp próprio (48 98404-2055) para receber denúncias e documentos que comprovem explorações e abusos de preços.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.